Arquivo da tag: estudando

Keyboard shortcuts [UBUNTU]

Aloha!

Faz umas 2 semanas que estou dando fuçada no Ubuntu! Que sodadi!

Primeira coisa que pensei foi nos atalhos, apertei o “botão do Windows” e pensei um pouco para ver qual eu ia testar e tchrãn.. tem o mapinha, que belezura, ein? Acho que todo mundo deve fazer isso sem querer hahaha, puta sacada!

keyboard-shortcut

P.S.: SUPER = “botão do Windows”

Python – Conferencia brasileira 2013

Alou terraqueos! Voltando aqui com uma linguagem diferente do habitual (que eu acho bem louca, mas nunca tinha parado pra futucar mais fundo): PYTHON.

Ela e Ruby são as linguagens que eu acho mais bonitas na atualidade, não desmerecendo minha linda C#, são focos diferentes… não tem como não gostar de uma linguagem que obriga edentação, a nao ser que você faca parte do bonde-do-codifico-com-a-bunda.
Apareceu a oportunidade de ir na conferencia e apesar de eu (quase) não manjar picas dela (eu acredito que nao existe um programador que nao manje nada de uma linguagem, pra mim programador se vira com qqr uma) eu fui que fui, aproveitar para conhecer Brasilia também.

Eu sou bem fã de conferencia: resumo de conteudos interessantes e voce vai filtrando para ver o que quer focar, é bem eficiente quando você ta naquela fase preguiça de correr atras. É um live feed, rs. E além de tudo eu também queria ver dos palestrantes da Globo.com como eles faziam os frameworks web do Python ficarem performaticos (eles tem bastante fama de ‘lentos’), saber mais opções para web tirando o Django e etc. etc..

Das minhas anotações de coisas relevantes para passar um tempo nerdiando foram:

Django – que tem como forte a admin e orm.
Tornado – que é escalavel e tem async.
Flask – um cara mais simples, onde você escolhe os plugins adicionais.
Web.py – reza a lenda que é melhor começar por ele, mais easy use.

Para templates tem o Jinja2 e o Cheetah.

Para Android o Kivy e o SL4a.

Nginx (servidor proxy, cache, blabla) e Crab (sistema de recomendação) são extras!

E sobre a performance: o negócio é desvincular do framework, basicamente eles costumam gerar htmls puros que são gerados de tempos em tempos e tcharan! Simples como a vida.

Vou fazer uns testes com Python nos proximos posts, então já vamos instalando http://www.python.org/download/releases/3.3.2/ 🙂

Por fim… Brasilia é linda, arquitetura para deixar qualquer um boquiaberto, de noite é linda++. Tem pontos ruins para quem não é muito fã de carro: as coisas são distantes, não tem calçadas, quase ninguem se locomove de bicicleta e é um calor da bixiga. Mas vale a pena conhecer.